NOTÍCIA
...

09 de junho de 2018

Em sua última batalha na Série D do campeonato brasileiro, o Club Sportivo Sergipe enfrentou o Brasiliense, dois jogo que definiriam quem iria seguir na competição e quem daria um adeus prematuro.

Devido à grande primeira fase construída pelo time colorado, passando como primeiro em grupo cheio de adversários complicados, o primeiro jogo ocorreu em terras desconhecidas, que não intimidaram de forma alguma aos nossos guerreiros, em um primeiro tempo dominado pelo controle e velocidade imposta pelo Gipão, William Paulista subiu mais que todo mundo e carimbou o gol do time do Brasiliense. Ao que tudo indicava o vermelhinho tinha totais condições de fazer um grande resultado fora de casa.

Porém assim que foi iniciado o segundo tempo, o time da casa se cresceu e logo no primeiro minuto empatou a partida. O gol levado desestabilizou por alguns minutos os guerreiros do Gipão que acabaram sofrendo a virada. Apesar de ter levado o segundo gol, o jogadores foram em busca até o último minuto do empate e a bola por diversas vezes beijou a trave ou pararam nas mãos do goleiro.

A segunda partida foi disputada no solo sergipano, o Mais Querido, demostrava toda a esperança de que iria conseguir ganhar e garantir a classificação para o próximo jogo. Todo o sentimento positivo era sentido dentro e fora do campo, a torcida que comparecia aos treinos incentivavam os guerreiros.

Infelizmente, toda a esperança se esvaio com a saída prematura do Club Sportivo Sergipe da competição, mas em momento algum nenhum jogador deixou de buscar o gol, de marcar o adversário, de defender e honrar o manto colorado. Apesar da tristeza da desclassificação, o ano de 2019, será repleto de alegrias e lutas para o Gipão e sua apaixonada torcida.